Home > Destaque > A partir de agora pacientes de Monte Alegre de Minas serão beneficiados com o acelerador linear do Hospital do Câncer de Uberlândia

A partir de agora pacientes de Monte Alegre de Minas serão beneficiados com o acelerador linear do Hospital do Câncer de Uberlândia

Aparelho custou mais de R$ 6 milhões e permite tratamento de tumores que não podem ser retirados em cirurgia

Deputados Weliton Prado e Elismar Prado realizaram a emenda parlamentar destinada a compra

 

Acelerador Linear instalado no Hospital do Câncer — Foto: Universidade Federal de Uberlândia/Divulgação

Acelerador Linear instalado no Hospital do Câncer — Foto: Universidade Federal de Uberlândia/Divulgação

Foi inaugurado nesta quarta-feira (16) o novo aparelho de radiologia do Setor de Oncologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), também conhecido como Hospital do Câncer de Uberlândia. Com o custo de mais de R$ 6 milhões o Acelerador Linear é utilizado em tratamentos radioterápicos e, segundo a médica do Hospital do Câncer Claudia Helena Tavares, ele é o que há de mais moderno no mundo em tecnologia para procedimentos de radioterapia e radiocirurgia.

 

O equipamento da UFU custou R$ 6.269.000 e foi adquirido através de vária


Evento de inauguração teve presença de diversas figuras da universidade e do governo — Foto: Universidade Federal de Uberlândia/Divulgação
s parcerias. A maior parte do investimento, R$ 6 milhões, veio de uma emenda parlamentar do deputado federal Weliton Prado (Pros). Outros R$ 200 mil saíram de aplicações financeiras e R$ 69 mil da Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia (Faepu). Também foram gastos R$ 4 milhões do Grupo Luta pela Vida na sala que abriga o equipamento.

“Agradeço a presença de todos e, em especial, ao deputado federal Weliton Prado, que tem sido parceiro não apenas neste projeto, mas em diversos outros projetos da nossa universidade”, disse o reitor da UFU Valder Steffen Junior, durante o evento de entrega do equipamento.

O superintendente do HC-UFU, Nilton Pereira Júnior, destacou a importância do equipamento para o ensino na UFU.

“Diretamente estarão envolvidos no funcionamento deste aparelho estudantes de graduação em Física Médica, residentes médicos de três programas de residência, além de residentes multiprofissionais do Programa de Atenção à Oncologia”, explicou ele.

Claudia Helena Tavares comentou sobre as vantagens que o aparelho traz. “Com este acelerador consigo tratar tumores muito pequenos com alta precisão, pois é possível adquirir em tempo real a imagem da área que está sendo irradiada, preservando outros órgãos”, afirmou ela.

Devido a esta maior precisão do tratamento, o equipamento permite tratar tumores que, hoje, são impossíveis de serem retirados cirurgicamente. Outra vantagem direta é que, em cirurgias mais complexas, órgãos vitais sem relação com a doença podem ser danificados. No entanto, com uma maior precisão na operação, fica mais fácil preservá-los durante o procedimento.

Além disso, o aparelho também diminui o tempo de diversos tratamentos, com tratamentos que eram feitos com 25 aplicações de radioterapia, sendo realizados entre uma a três sessões. “Com isso eu aumento a rotatividade e tenho ganho de tempo, tanto social quanto na qualidade de vida do paciente”, continuou a médica.

Evento de inauguração teve presença de diversas figuras da universidade e do governo — Foto: Universidade Federal de Uberlândia/Divulgação

Sobre Portal MAM NEWS

Deixe uma Respposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Veja Também

Policia Militar recupera em Ituiutaba produtos comprados por meios fraudulentos em Caldas Novas

Neste sábado(18) por volta de 17h50min, no bairro Buritis, em Ituiutaba a Polícia Militar recuperou diversos produtos fruto de estelionato ...