Últimas Notícias
Home > Economia > Região Intermediária de Uberlândia registra recorde de exportações

Região Intermediária de Uberlândia registra recorde de exportações

Números referentes aos meses de janeiro a abril foram superiores a toda a série desde 1997. Divulgação foi realizada pelo Cepes/UFU

Os dados apresentados no Boletim de Comércio Exterior da Região Intermediária de Uberlândia (RIU), realizado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-Sociais da Universidade Federal de Uberlândia (Cepes/UFU), referente ao primeiro quadrimestre de 2021, apresentaram um novo recorde em relação aos mesmos períodos nos anos anteriores. Entre janeiro e abril de 2021, o valor total das exportações na região foi de US$ 530,02 milhões (ou R$ 2,94 bilhões) e 790,37 mil toneladas.

O valor total foi 11,4% superior em relação ao obtido no primeiro quadrimestre de 2020 e a toda série histórica, registrada desde 1997. O aumento da soma do valor das exportações aconteceu mesmo com a queda das quantidades exportadas em 10,10% em relação ao mesmo período do ano passado.

Dos 24 municípios que compõem a RIU, oito exportaram no primeiro quadrimestre de 2021. Desses, Uberlândia, Araguari e Ituiutaba, nesta ordem, foram os maiores exportadores, concentrando 95,51% dos valores totais no período. Do mesmo modo, os municípios de Uberlândia e Araguari foram os principais responsáveis pelo aumento das exportações da região no quadrimestre analisado, elevando suas vendas externas de US$ 232,01 milhões e US$ 177.92 milhões, em 2020, para US$ 262,85 milhões e US$ 198,94 milhões, em 2021, respectivamente.

Os resultados recordes podem ser explicados, conforme explica o Boletim de Comércio Exterior, pelo valor da taxa de câmbio, que está mais depreciada, em relação ao período de 2020. A média da taxa foi de R$ 4,67 (US$ 1,00) para R$ 5,50 (US$ 1,00), o que proporcionou maior lucratividade para os exportadores, em contrapartida de um maior custo para os importadores.

 

Importações

Durante o primeiro quadrimestre de 2021, as importações também atingiram valores superiores a toda a série. As compras externas, entre os meses de janeiro e abril, somaram US$ 153,33 milhões (ou R$ 841,37 milhões), um valor 88% superior ao das importações do primeiro quadrimestre de 2020.

Dos 24 municípios da RIU, nove importaram entre janeiro e abril de 2021, sendo Uberlândia e Araguari os principais importadores, concentrando 88,93% das compras totais no período. Se, por um lado, a taxa de câmbio aumentou a lucratividade dos exportadores, por outro, ela prejudicou os importadores e pode justificar a alta nos gastos externos, conforme expõe o boletim.

O estudo destaca que, mesmo sendo um período atípico, em decorrência da pandemia da Covid-19, em que a maioria das economias nacionais apresentam menor produção e geração de renda, o que tenderia a reduzir o comércio internacional, as vendas e compras da Região Intermediária de Uberlândia apresentaram expansão, com valores superiores a toda a série histórica, desde 1997. Um dos fatores mais importantes para entender a expansão das exportações nesse momento é a característica das mercadorias vendidas, que são, preponderantemente, produtos essenciais, os quais apresentam pouca oscilação da sua demanda frente às variações na renda e no preço.

 

Cepes

O Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-sociais (Cepes), criado em 1977, é um órgão vinculado ao Instituto de Economia e Relações Internacionais da UFU (IERI/UFU). O Cepes possui uma equipe de pesquisadoras(es) qualificada em nível de graduação, mestrado e doutorado.

Os dados da linha de pesquisa Comércio Exterior referem-se aos disponibilizados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais (Secint), do Ministério da Economia (ME).

Sobre Portal MAM NEWS

Deixe uma Respposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Veja Também

Finalmente servidores da Saúde começam a respirar mais aliviados em Monte Alegre de Minas e Região

Com queda no número de casos e nas internações, cidades da região do Triangulo Mineiro que já estiveram até na ...